sexta-feira, 1 de junho de 2007

Entrevista com Thalita Rebouças


Thalita Rebouças
Quando você percebeu que o que você gostava era escrever?
Desde pequena gosto de escrever. Aos 10 anos de idade eu já me autointitulava fazedora de livros, porque criava meus livros, fazia as ilustrações e grampeava. Virava um livrinho mesmo.


Qual é sua intenção ao escrever para jovens?

Fazer com que eles percam a implicância com os livros. Agarro os adolescentes pelo humor, logo nas primeiras páginas eles sorriem, então fica mais fácil conquistá-los. Meu objetivo ao escrever é entreter e fazer pensar.

Qual sua maior dificuldade quando você começou a escrever livros?
Dificuldade? Foi esperar a Rocco me responder se tinha ou não gostado do Tudo por um Pop Star. Demoraram seis meses, mas quando disseram o "sim" foi o máximo. Desde então vivo em lua-de-mel com a minha editora.

Qual é seu segredo para fazer crianças saírem de frente ao computador nesse século XXI, na era digital para comprar livros e gostarem do que lerem?

Além de fazer a galerinha rir, eles se identificam muito com o que eu escrevo. Muitos dizem que parece que eu olhei no buraco da fechadura das suas casas. Quando eles se sentem como os personagens, eles viajam mais facilmente na história, fica mais dificil largar o livro. Sem contar que escrevo sobre tudo o que eles gostam de ler: namoros, ficadas, relacionamento com os pais, com os amigos, com os professores...

Qual dica você dá a aquelas pessoas que querem começar a escrever livros?
Começar logo. Muita gente me escreve dizendo que morre de vontade de escrever um livro mas não tem coragem de começar. A tela em branco assusta muita gente, mas o negócio é perder o medo dela e escrever a primeira linha. Logo vai ter o primeiro parágrafo pronto, depois outro... Se estiver difícil, recomendo comprar um gravadorzinho. Gravar as idéias e depois passa-las para o papel é uma coisa que faço até hoje e dá muito certo. No meu site tem uma parte em que dou dicas para escritores iniciantes. De tanto que recebo emails perguntando sobre virar escritor, decidi criar essa sessão. O site é www.thalita.com

Seus livros, na maioria das vezes são direcionados ao público feminino. Os garotos
reclama disso?
Não. Eles implicam num primeiro momento, mas acabam gostando bastante, principalmente do "Fala sério, professor!", que anda sendo bastante adotado nas escolas, então os meninos são obrigados a ler. E adoram. Quando vou palestrar nos colégios eles são os mais interessados e perguntadeiros.

Existe algum projeto para a TV?

Não posso chamar de projeto. Existem, sim, algumas idéias, mas nada de concreto.

Thalita Rebouças por Thalita Rebouças.

Sou fofa.

Quais são seus projetos para o futuro?
Escrever, escrever, escrever. E malhar. A lei da gravidade começa a se fazer presente e estou ODIANDO isso!

Recado da Thalita:

LER É TUUUUDO DE BOM! Quem quiser me conhecer pessoalmente e ganhar um autógrafo com bitoca passa no meu site para ver a minha agenda.

EXCLUSIVO P/ O INFONET - PROIBIDO CÓPIAS SEM AUTORIZAÇÃO

0 comentários:

Infonet | http://www.infonet.rg.com.br | 2005-2007 | adm.infonet@gmail.com
Este site usa o serviço de redirecionamento de URL. Para informações ou denúncias de eventuais abusos, favor clicar aqui.
Layout by TemplatesForYouTFY, SoSuechtig, Burajiru