sábado, 1 de julho de 2006

Entrevista com Julinho do Carmo


Julinho do CarmoQual o sonho que você ainda não conseguiu realizar?
Sou um cara que nasceu na periferia e acho que ja realizei todos os sonhos... se morrer hoje, morro feliz. Acho que o único sonho que tenho é não ver mais a desigualdade social, afinal uns tem muitos e outros na merd*.

Como foi início da sua carreira de cabeleleiro?
Na verdade costumo dizer que sou picareta, aprendi a fazer cabelo na marra: minha mae me deu um quarto e comecei a brincar de cortar cabelos em bonecas, aí hoje dizem que sou o máximo, eu na verdade me acho um mal exemplo para a beleza.

E a de ator?
Fiz teatro, por conta de inibição, era muito timido... aí a história cresceu.

Julinho do Carmo por Julinho do Carmo.
Sou feliz, honesto e solitário.

Você fez uma peça com a Debora Secco que percorreu quase todo os Estados Unidos. Como foi essa experiência?
Foi o máximo! Nunca imaginei que iria fazer um trabalho deste, fui convidado pela Debora para fazer a peça "Homens Melhor Não Telos Mais se Não Telos como Sabe-los". Fizemos em 13 cidades americanas e foi um sucesso.

BÔNUS TRACK>> Saiba mais sobre Julinho do Carmo:
www.julinhodocarmo.com.br


EXCLUSIVO P/ O INFONET - PROIBIDO CÓPIAS SEM AUTORIZAÇÃO

0 comentários:

Infonet | http://www.infonet.rg.com.br | 2005-2007 | adm.infonet@gmail.com
Este site usa o serviço de redirecionamento de URL. Para informações ou denúncias de eventuais abusos, favor clicar aqui.
Layout by TemplatesForYouTFY, SoSuechtig, Burajiru